Não importa a distância que você esteja de Deus, pois Ele pode te alcançar e trazer de volta

12:15:00



Aquele calor que aquecia seu coração se foi. Os olhos que antes choravam ao ouvir certas canções não lacrimejam mais. Agora evita pensar em Deus e não quer ouvir nada relacionado a Ele. Não consegue mais olhar para Jesus e se sentir bem, pois quando o vê se sente mal por mais que Ele não te condene e nem julgue, mas algo em você sente um desconforto e por isso prefere se manter longe. Porém seu mundo desabou e atualmente você dança sobre as ruínas do castelo onde se abrigava quando a chuva vinha. E não há mais esconderijo, não há mais âncora que te prenda ao chão, não há mais lugar secreto para ser quem você é sem máscaras. É apenas você e sua vontade de mostrar a todos que está bem. Você e seu instinto de sobrevivência que te leva para onde deve ir enquanto um vazio vai consumindo sua vida aos poucos.

E conforme vai se afastando uma estrada sem fim se abre entre você e Deus. Uma estrada onde a dor corre solta, onde não há abraço e nem beijo na testa, mas um caminho solitário, pois você escolheu andar só para mostrar sua independência e que não precisa de Deus, que só precisa de si e de mais ninguém. Porém suas pernas estão cansadas de tanto andar, estar se cansando de perseguir objetivos e consumir aquilo que o mundo oferece, pois a paz que você ganha vai embora em pouco tempo. Você está se fatigando á toa, pois não aceita que Deus te leve no colo, não quer que Ele te sustente, pois acha que sem Ele conseguirá chegar ao outro lado e que lá tudo será diferente. Mas é ilusão. Tudo isso que consola seu coração é ilusão. Não há como satisfazer uma alma que pertence ao céu com aquilo que o mundo dá e, por mais que você não aceite, sua alma não é daqui, ela é de lá.

Sua alma sente saudade de louvar a Deus e chorar aos seus pés. Sua alma sente saudade de sentar nos bancos da igreja e ouvir uma palavra que fala sobre você e que te ajude a ser alguém melhor. Sua alma sente falta de orar ajoelhada ao lado de sua cama e falar sobre seu dia, seus medos infantis, seus sonhos considerados impossíveis. Sua alma sente saudade do amor que recebia sem merecer, dos cuidados e consolos que o Espirito Santo te dava quando você dizia que não havia ninguém disposto a te estender a mão. Sua alma quer abraçar o Pai, quer ser carregada por Ele, quer receber cura para essas feridas que o mundo causou. Sua alma sente saudade, mas você a está sufocando, dizendo que isso é imaginação, é perca de tempo e não faz sentido. Mas sua alma quer voltar a acreditar, quer voltar a ter esperança de que o amanhã será melhor porque Cristo vive.

Seu orgulho não quer confessar nada disso e sua imagem não quer transmitir que precisa de Deus, mas você sabe que precisa, você acredita que Ele existe e que é o seu Criador. Porém você está lutando para se convencer de que não precisa Dele, que ficará bem sem as regras que Ele te dava, sem os mandamentos que precisava obedecer e sem a luta constante que havia entre a carne e o Espirito. Você parece tão feliz com a sua liberdade onde pode fazer o que quiser e ser alguém diferente para assim surpreender os outros, para novamente mostrar que aquilo que dizem sobre seu coração é mentira, que você está bem sim e que nunca esteve numa fase melhor. Mas você não convence o Espirito de Deus. Você pode enganar a si e aos outros, mas você não mentir para Aquele que sabe e fez todas as coisas.

Ele conhece aquelas partes que você não sabe que existem dentro do teu corpo. Ele que te formou no ventre da tua mãe, Ele que te chamou com um propósito e deu a sua vida um sentido. Eu sei que a dor, decepções, críticas que recebeu de pessoas cristãs, além de as pessoas que te machucaram, os relacionamentos que não deram certo, as portas que se fecharam, os amores que foram embora, tudo isso te esfriou e levou embora a sua fé. Eu sei que é difícil acreditar que existe mesmo um Deus que é Amor quando você precisa de algo e nada acontece. Quando você ora e o milagre não vem, e você chora e não se sente consolada. Mas eu também sei que há coisas ruins que nos acontecem que não poderemos entender aqui e sim só no céu, e que por sermos criaturas pequenas precisamos nos humilhar e confiar no Criador. Pedir para ter fé quando é impossível acreditar Nele e pedir também para Ele não te deixar desistir.

Você consegue abrir um pouco o coração, pode ser qualquer brecha, mas abrir um pouco para deixa-Lo entrar? Deus quer voltar a morar no seu peito. Ele quer que você permaneça na presença Dele e que não saia do centro do seu amor. Ele sabe que há uma distância considerável entre vocês e que no meio desse caminho há muita dor, feridas, perguntas, dúvidas, mágoas e até raiva. Ele sabe que você tem medo de ser machucada de novo e Dele permitir mais um sofrimento na sua vida. Ele não garante que a vida ao lado Dele será livre de dor e que será só alegria, pois enquanto estivermos no mundo estamos sujeitos a sofrer aflições, mas que Ele estará conosco em cada uma dessas tribulações, nos fortalecendo e curando. Ele sabe que você já tentou voltar e não conseguiu, mas é que você tentou sozinha, você não O chamou, agora Ele quer tentar contigo.

Se arrependa dos seus maus caminhos, confesse o que fez de errado e clame pelo sangue de Jesus que te purificará de tudo. Deixe agora de se preencher com os vazios desse mundo, pois você pode sentir paz, felicidade e amor sem precisar disso que está fazendo agora. Deus quer que através do relacionamento com Ele você O conheça, se conheça e entenda o que deve ser e fazer. Ele quer te mostrar o que há no íntimo do coração Dele. Ele quer te encontrar no secreto do seu quarto e lá falar ao seu coração tudo que você precisa saber para perdoar a si e aos outros, para voltar a acreditar e a amar o Deus que nunca deixou de te esperar. Não se encha mais de desculpas, medos ou vergonha. Ele te perdoa, aceita e cura. Não importa a distância, Ele vai correr para te encontrar e se você permitir Ele te pegará no colo para te levar de volta para o centro do seu amor e graça. 

E se neste momento o Espírito Santo te convenceu a voltar aos braços do Pai e se reconciliar com Ele através de Jesus Cristo, faça uma oração e aqui estão algumas palavras que podem te ajudar a começar a sua prece:

"Senhor, eu me arrependo de tudo, estou aqui para pedir perdão por meus erros, pecados e defeitos. Para pedir que o sangue de Jesus me limpe e purifique de todo o pecado que cometi, e que esse sangue leve embora numa enxurrada as barreiras que me afastam de Ti. Eu quero voltar para os teus braços, eu quero outra vez ter comunhão contigo, eu quero me reaproximar e novamente ser filho (a), servo (a) e adorador (a). Me ensine a andar no teu caminho, pois eu sei que o único caminho até Deus é Jesus Cristo. Por isso aceito Jesus como meu único e verdadeiro Salvador. Escreva meu nome no livro da vida e me prepare para a volta de Cristo que vem buscar sua igreja. Me fortaleça para eu abrir mão do pecado, me ajuda a dizer não a voz do inimigo e dizer sim para a voz do Espírito Santo. E a partir de agora quero começar um relacionamento contigo, que se torne meu Pai e Melhor Amigo. Quero ir além daquilo que terei na igreja, quero que o Senhor me mostre o meu dom, fale qual o meu chamado e me prepare para sua boa obra. Não me deixe afastar de novo do teu caminho, me prenda em Ti, me afasta do mal e me livre do que o mundo quer me fazer. Peço e agradeço com fé, amém."


Escrito por: Tatielle Katluryn

Deixe algo nos cometários, pode ser uma crítica, sugestão, elogio ou qualquer outra coisa. Vou adorar receber <3 E se quiser me ajudar clique nos anúncios.

Quer conversar sobre algo que sentiu em relação ao texto? Desabafar, pedir ajuda, receber conselhos? Só entrar em contato.

Outros textos para você ler

2 comentários

  1. Aquele texto que toca em meu coração! Que Deus continue te usando com as palavras!
    Também escrevo textos: Alma com Fé

    ResponderExcluir

Você compraria meu livro?

Postagem em destaque

Os 13 porquês que Deus te diz para você não cometer suicídio

Ás vezes parece que você está á deriva num imenso mar. Acima há apenas céu e ao redor também, não há nada para se segurar, nenhum barco...