Ela acredita no perdão de Jesus, mas continua se condenando por seus erros

15:04:00


Uma menina está presa dentro de uma gaiola arredonda que está posta no alto de uma montanha. Jesus está na porta da gaiola, sua mão está detida na fechadura. Ele já pegou a chave do seu bolso, a botou no cadeado e rodou a chave. Ouviu-se um pequeno clic, dando sinal de que a fechadura havia sido aberta e que finalmente a menina poderá ser livre. Jesus disse isso a ela. Ele está sorrindo e quando ia abrindo a porta ela deu um grito: “Jesus não faça isso, por favor, me deixe presa aqui, eu não mereço ser livre e ainda mais por Ti.” E ela diz tudo isso com lágrimas nos olhos e um pesar no coração.

Ela não entende o que está fazendo, mas acabou de recusar novamente o perdão concedido de graça por Jesus. Ele veio a Terra para poder morrer no lugar da humanidade suja e corrompida pelo pecado, porque os sacrifícios que as pessoas faziam não eram o suficiente para limpar a mancha que seus erros provocaram. Então precisava vir o Filho de Deus para se tornar homem, ensinar como amar e perdoar. E por causa de quem Ele foi e de seus ensinamentos homens invejosos mandaram mata-Lo.

Infelizmente era preciso que Ele morresse numa cruz de braços abertos, para mostrar a cada um de nós que Ele sempre irá nos receber num abraço de perdão. Não importa quem somos ou o que fazemos, de onde viemos e para onde pretendíamos ir, Ele nos puxa para si e sussurra nos nossos ouvidos que nossos pecados foram perdoados e que não há mais nenhuma condenação. Assim a culpa que tínhamos foi retirada, Ele a pegou para si e disse que o problema não era mais nosso e sim Dele.

Fez isso não porque fossemos bons o suficiente, mas fez porque éramos ruins demais para salvar a nós mesmos, precisávamos de alguém sem pecado nenhum, que fosse puro e santo para assim absorver todo o nosso mal e levar ele embora de nossas vidas. E foi exatamente isso que Ele fez, como o cordeiro que leva o pecado do povo israelita para o meio do deserto, Jesus pegou tudo de ruim que era nosso e levou para longe de nós, porque não poderíamos mais viver assim cheios de coisas impuras.

Desse modo, ela não é mais culpada pelos erros que cometeu se ela aceitar Jesus. E ela já O aceitou como seu Senhor e Salvador, já se arrependeu, confessou várias vezes o que fez de errado e pediu perdão. Mas a parte de pedir perdão soou muita vazia e não lhe trouxe nenhum alivio, porque dentro dela a culpa ainda morava, mesmo que o pecado já tivesse feito as malas e ido embora há muito tempo. Ela estava presa a um passado que fora perdoado, ela se lembrava de erros que Deus jogou no mar do esquecimento, e tudo isso porque ela não se sente bem consigo mesma para aceitar ser perdoada.

Ela se vê como alguém indigna, o que nos caso todos nós somos, mas o problema é que a maioria de nós não se odeia a vida inteira pelo que fez, mas aceita o perdão e libera perdão para si mesmo porque assim poderá ser livre. Mas ela não é assim, diz que está perdoada da boca para fora porque do coração para dentro ainda carrega a raiva, mágoa e ressentimento pelo que aconteceu. Nomes fazem lembrar com quem ela errou, lugares, músicas, datas comemorativas. Ela não deixa a culpa ir embora porque constantemente vê o filme do seu passado passar por sua mente.

E Jesus sabe de tudo isso. Ele ainda está na porta da gaiola e não desiste. Ele deixou a fechadura no lugar e não abriu a porta por respeito a ela, assim ela fez uma ilusão de que ainda está presa mesmo sabendo que não está. Ele não disse a ela onde errou, nem falou de seus muitos pecados, principalmente daqueles que fazem ela se odiar tanto e desejar morrer. Ele poderia a ter condenado bem ali, Ele sabia tudo sobre ela, porém Ele nunca jogou em sua cara seus pecados e nunca o faria. Em vez disso Jesus passou sua mão por dentro das grades e a botou dentro da gaiola, e a estendeu na direção da menina que ficou agitada quando viu os furos na palma da mão Dele.

Ele disse:

“Filha, quer sair da gaiola para poder voar comigo? Sei que já se acostumou com sua prisão, faz tanto tempo que mora nela que se esqueceu como é viver aqui fora. Há um céu esperando por você. Há promessas para serem cumpridas, sonhos para serem realizados, amores para serem sentidos. Não quer sair e me deixar te mostrar o que é viver? Essa gaiola não é o que eu quero para você. Eu morri numa cruz para que você não matasse a si mesma dessa forma, eu já morri pelos seus erros, não precisa sofrer porque não os aguenta. Seus pecados foram perdoados, seu passado foi esquecimento, agora se aproxime e deixe eu limpar seu corpo, ele ainda está tão sujo porque você se recusa a se libertar dessas lembranças. Elas não deveriam mais te provocar dor, mas deviam te ensinar o que não deve mais fazer daqui para frente. Não tenha medo, estou do seu lado e vou te ensinar a voar, e mesmo quando aprender não vou sair de perto de você, mas te guiarei para onde deve ir e te falarei o que deve fazer. Então eu te pergunto novamente: Filha, quer sair dessa gaiola e voar comigo?”

A voz dela sumiu, mas o balançar de sua cabeça disse um sim. Ela foi andando até a porta da gaiola, segurou a na mão Dele, Jesus abriu a porta e a puxou para um abraço. E com seu rosto afundado no peito de Jesus ela chorou. Pela primeira vez em sua vida sentiu que sua culpa não era mais sua, que seus pecados não existiam fazia tempo, que estava livre e que naqueles braços encontrou seu verdadeiro lar. Ela aceitou o perdão. Só queria voar e para trás a gaiola deixar. 

Escrito por: Tatielle Katluryn

P.S: Se puder, e quiser, deixe algo nos cometários, pode ser uma crítica, sugestão, elogio ou qualquer outra coisa. Vou adorar receber <3 E se quiser me ajudar clique nos anúncios.



Quer conversar sobre algo que sentiu em relação ao texto? Desabafar, pedir ajuda, receber conselhos? Só entrar em contato.

Outros textos para você ler

1 comentários

  1. MARAVILHOSO .TUDO O Q EU PRECISAVA LER ..OBRIGADA ....

    ResponderExcluir

Você compraria meu livro?

Postagem em destaque

Quando todos se vão Deus permanece e cuida da menina que foi deixada para trás

Ela é aquela que fica quando todos por algum motivo decidem ir embora. Ela sempre fica e se pergunta o que fez de errado para isso ac...