Deus, preciso do teu perdão

17:29:00


Senhor, estou aqui outra vez para pedir perdão. Eu sei que já fiz isso antes e quando terminou a satisfação que eu senti ao fazê-lo eu me arrependi, então vim correndo ao te ver de braços apertos já me aguardando. Não quero me justificar, não posso procurar motivos para me safar dessa como inocente, eu sei da culpa que carrego, sei que fiz algo sabendo que não devia, mas é que quando saio da sua presença tantas coisas veem ao meu encontro e eu acabo me perdendo no meio de labirintos infinitos que só querem me aprisionar no pecado.

Meu Pai, eu perdi as contas das vezes que eu falei que jamais voltaria a repetir meus erros, pois o Senhor me ensinou a lição, me disse o porquê disso ser ruim, com toda calma, paciência e mansidão falou que o inimigo nos engana com aparentes felicidades, nos dá prazer com facilidade, o riso com ele é tão espontâneo quando está nos envolvendo em sua teia que quando nossos olhos são abertos nos assustamos com a escuridão que nos envolveu sem ao menos percebermos.

Eu já estive tão longe de Ti que nem me dei conta da saudade que eu sentia das suas palavras que acalmavam minhas tempestades. Eu busquei nas criaturas o amor que só o Criador poderia me dar, e foi em vão quando corri atrás do vento achando que só assim eu poderia voar. Perdoe a sujeira que fiz sobre o teu altar, o meu sacrifício está com defeito e não pode ser apresentado como louvor, eu preciso que seu sangue me purifique novamente, tenho que ser mais alva que a neve para que meu coração consiga ouvir sua voz, não deixe eu encontrar o caminho do abismo de novo porque é por sua porta estreita que eu quero entrar.

Nós humanos fomos tão falhos, julgamos os outros dos erros que nós mesmos cometemos, e só sabemos esconder nossa sujeira embaixo do tapete para que ninguém veja, mas eu estou aqui diante de Ti, meu Deus, para pedir que toda máscara caía. Que eu tenha coragem de dizer que errei e que eu tenha força para recomeçar. Não posso andar em círculos, não posso deixar o brilho do mundo me ofuscar, eu te aceitei e com isso entendo o peso da cruz que tenho que carregar por amor aos teus mandamentos.

Jesus, estou com medo de não conseguir me erguer, as pessoas só sabem apontar o dedo como se elas nunca tivessem caído, mas é a Ti que recorro nesse momento tão só quando tudo de mais bonito parece tão distante. É da sua voz que sinto falta nas minhas noites insones, é a tua presença que precisa me acompanhar todos os dias da minha vida, me ensine a melhorar, eu sei que contigo posso tudo, fale comigo porque eu preciso ouvir o seu direcionamento, estou aqui no chão com os braços estendidos para o alto como oração e suplica implorando por mais de Ti.


Tu és meu Pai, cuidas de mim como a menina dos teus olhos. 

Escrito por: Tatielle Katluryn

Outros textos para você ler

0 comentários

Você compraria meu livro?

Postagem em destaque

Os 13 porquês que Deus te diz para você não cometer suicídio

Ás vezes parece que você está á deriva num imenso mar. Acima há apenas céu e ao redor também, não há nada para se segurar, nenhum barco...