Como eu era antes de você + A garota que você deixou para trás

18:57:00


Eu estava a procura de algum livro que me emocionasse porque fazia um bom tempo que eu não chorava lendo um romance, e me veio na cabeça o nome de certo livro que já ouvira falar, as pessoas que o leram, principalmente as meninas, disseram que ele as arrebatou e eu queria que isso acontecesse comigo. Talvez não faça muito sentido, mas eu pesquisei sobre o livro e o comprei porque tinha certeza que ele iria me fazer sofrer. Dá para entender? Porque tem gente que evita romance dramático justamente por isso, mas comigo é o contrario.

O livro Como eu era antes de você estava numa promoção juntamente com o livro A garota que você deixou para trás, e a principio achei que os dois faziam parte de uma serie por causa da capa que é bem parecida, mas na verdade são historias distintas escritas pela mesma autora Jojo Moyes.


A escritora Jojo Moyes 

Como eu era antes de você conta a historia de Louisa Clarck, uma mulher de 26 anos que após perder seu amado emprego percebeu que não tinha nenhum plano para sua vida, e enquanto procurava novos serviços e se decepcionava com cada um deles, acabou por optar trabalhar como cuidadora de um homem deficiente físico. Esse homem é Will Traynor, que por conta das malesas que lhe aconteceram ele se tornou amargo e insuportável.



Nas primeiras semanas Will quase a bota para correr, mas como Lou precisava daquele emprego porque se tornou a principal fonte de renda da sua família, ela morava com os pais, a irmã, avô e um sobrinho. E ela namorava com um cara chamado Patrick que só se importava consigo mesmo, mas ela tinha a estima tão baixa que nem se importava.


Will é tetraplégico e Lou sofre bastante para se acostumar com isso, pois nunca havia feito nada parecido antes, mas com o tempo eles aprendem a lidar um com o outro. Will também tem a ajuda de um enfermeiro, e por causa de sua condição teve que voltar a morar com os pais que estão a beira do fracasso no casamento.

E num belo dia, Lou escuta uma conversa entre a mãe de Will e sua irmã, as duas estavam falando sobre Will e algo que ele planejava fazer que iria abalar toda a família. Nisso, Lou embarca em tentativas para fazer Will mudar seus planos e desse modo os dois descobrem um ao outro de um jeito que jamais imaginaram.

Então, Como eu era antes de você me marcou de uma forma absurda, pois eu chorei durante horas deitada na minha cama sem conseguir me controlar, pois eu me vi nos dois personagens e não consegui evitar me ligar emocionalmente com a historia. Mas como não bastava eu chorar sozinha, tive que emprestar o livro para todas minhas amigas e elas reagiram de forma semelhante a minha, então é um livro que recomendo se você quer entrar em uma situação que não te deixará ser a mesma pessoa.


E ainda tem filme por aí! O livro se tornou filme (cena na imagem acima) e vai estar nos cinemas no dia 16 de junho de 2016 e o trailer é perfeito, já assisti umas mil vezes e meus olhos sempre se enchem de lágrimas, e fiquei ainda mais feliz porque o filme parece ser condizente com o livro e sei que não irá me decepcionar. Os atores escolhidos são uns fofos e adorei. Lou é a Emilia Clarke e Will é o lindo do Sam Clafin.

Amei tanto o livro que fiz uma fanfiction dele! A fanfic se chama Memorias de Lou Clark e te convido a lê-la.

Tem 320 páginas e foi publicado pela Editora Intrínseca.

Avaliação: Excelente 



E o livro A garota que você deixou para trás conta a historia de duas mulheres que viveram em épocas diferentes. A primeira parte do livro é contada em primeira pessoa pela francesa Sophie Lefèvre, uma jovem mulher que viu seu marido ir lutar na Primeira Guerra Mundial e tinha como único consolo o quadro onde ele a pintou. Ela vivia em um pequeno vilarejo na França, o lugar era ocupado por alemães e todos sofriam por isso.

Ela morava com seu irmão, irmã e sobrinhos na casa que pertenceu aos seus pais. Juntas trabalhavam no bar e hotel da família. E quando um oficial alemão disse que Sophie e sua irmã iriam ter que fazer as refeições dos alemães que tanto odiavam por eles terem destruído suas vidas levando seus maridos, elas não tiveram escolha.

Antes disso o comandante alemão vinha admirando o quadro de Sophie, onde ela se encontra belíssima com um ar sensual, e conforme os dias passam ele quer conversar sobre arte com ela e falar especialmente do quadro que ele tanto admira, no começo ela fica enojada com aquilo, mas com tempo os dois se tornam uma espécie de amigos. E no final das contas, Sophie sofre um golpe brutal por ter sido inocente e confiar no inimigo ao dar a ele o seu bem maior.

Depois disso, a historia já passa para os tempos atuais, essa parte é narrada em terceira pessoa e conta a historia de uma inglesa chamada Liv Halston, uma jovem viúva que perdeu o marido há quatro anos e se apega a tudo que ele construiu. Ela estava apenas tentando viver um dia de cada vez enquanto sua vida fracassava, quando conhece um homem que lhe dá um animo que não sente há anos.

Na parede de Liv está o quadro A garota que você deixou para trás que trás a imagem da jovem Sophie. Ela estava feliz com seu novo romance quando uma reviravolta inesperada lhe tira o sono. O seu amado quadro está num processo de reinstituição onde a família do pintor o quer de volta, mas ela faz de tudo para provar que o seu marido o comprou de forma legal. E nisso aconteceu outra coisa que ela não esperava, o cara com quem estava saindo trabalha na empresa na qual a família Lefréve e está trabalhando no caso para tirar o quadro dela.

Confesso que esse livro não me encantou. Eu queria sentir a mesma emoção do primeiro, mas isso não foi possível já que se trata de um cenário totalmente diferente. Eu amo romances históricos então a primeira parte do livro me deixou apaixonada, porém a segunda parte não fluiu do jeito que eu queria, não consegui me apegar aos personagens e o enredo não me prendeu, mas o final desse livro é fantástico e só por causa dele digo que a leitura valeu a pena.

Tem 384 páginas e também foi publicado pela Editora Intrínseca.


Avaliação: Bom 

Outros textos para você ler

0 comentários

Você compraria meu livro?

Postagem em destaque

Os 13 porquês que Deus te diz para você não cometer suicídio

Ás vezes parece que você está á deriva num imenso mar. Acima há apenas céu e ao redor também, não há nada para se segurar, nenhum barco...